domingo, 16 de março de 2008

E viva o Samba com Tereza Cristina!

Sempre gostei muito de samba e não poderia deixar de falar aqui em meu blog sobre umas das nossas maiores intérpretes do verdadeiro samba carioca. No começo dos anos 20 nós tínhamos Aracy de Almeida, na década de 60, Elza Soares, nos anos 70/80 Clara Nunes, (um dos maiores ídolos dela) agora nós temos Tereza Cristina.




Esta cantora de apenas 40 anos tem uma história interessante, ela nasceu pobre, filha de feirantes, o pai vendia limões na Feira da Penha, e a mãe uma dona de casa que escrevia letras de samba. Tereza, antes de cantar, foi vendedora de margarina, trabalhou no DETRAN, foi programadora de rádio pirata na UERJ (onde ela cursou Letras), vendedora de cosméticos, manicure e auxiliar de escritório.


Ela comecou a carreira em 1998 cantando em um bar chamado Bar Semente, um tradicional bar de samba e choro no movimentado e histórico bairro boêmio da Lapa no Rio de Janeiro. O nome desse bar acabou virando o nome da banda que a acompanha. Eles comecaram bem ousados, lançando um CD duplo com um repertório só de composições do mestre Paulinho da Viola que é um cara que eu adoro. (Esta caricatura dele foi extraída do blog http://baptistao.zip.net/) O disco então foi um sucesso, eles ganharam o prêmio Rival BR e o Prêmio TIM de música na categoria Revelação e tambem a indicação ao Grammy Latino de melhor disco de samba de 2003.

O sucesso de Teresa Cristina e Grupo Semente ultrapassou as fronteiras brasileiras, e levou o legítimo samba de raiz para países como Japão e Alemanha (aonde participaram da Copa da Cultura à convite do ministro Gilberto Gil).

Em 2004, ela estreou como compositora quando ela e o grupo Semente gravaram seu segundo CD, “A vida me fez assim”.

Em 2005, gravou seu primeiro disco ao vivo e o DVD "O Mundo é meu Lugar", no Teatro Municipal de Niterói.

Em 2007 ela apresentou seu novo disco "Delicada", com canções da bossa nova, samba e choro, como o baião "Pé do Lajeiro" do maranhense João do Vale. O samba de roda "Carrinho de Linha", de Walter Queiroz e "Gema" de Caetano Veloso.


Hoje escolhi este samba, "Depois de Tanto amor" porque a letra me chamou bastante a atenção, enquanto um coração machucado nao se refaz, o melhor que este coração tem a fazer é ficar quietinho no canto se recompondo.


Depois de Tanto Amor
Intérprete: Tereza Cristina
Composição: (Paulinho da Viola)
Tirado do CD Duplo Tereza Cristina e o Grupo Semente - "A música de Paulinho da Viola"



Aperte PLAY e ouça:



É será melhor
Não procurar
Um novo amor
Até saber
Se o coração
Já se refez


É será melhor
Viver em paz
Eu amei estando só
Portanto a solidão
Não é demais

Se algum dia eu encontrar
Um novo amor
Hei de ter amor pra dar
Amor e paz
Por isso eu vou
Guardar meu peito
Até quando por direito
Este amor chegar



Foto de Mister Teles e Tereza Cristina no Shopping Conjunto Nacional - Brasília DF em Maio de 2005



Quem quiser saber mais sobre o trabalho desta maravilhosa cantora, acessem o site oficial: http://www.teresacristinaesemente.com.br/
Related Posts with Thumbnails
Postar um comentário