sábado, 29 de março de 2008


Na postagem de hoje, mais outra canção que Zizi Possi gravou no disco "Mais Simples", cada canção que posto aqui neste blog mostra como estou me sentindo neste dia. Uma pena quando a nossa inocência e pureza se desfaz, de fato, ficamos mesmo sem acreditar em mais nada, ando meio assim, descrente, minhas crenças sao outras, todas as tardes trazem dor, a dor da saudade, daí vem a noite, o deserto, solidão para atravessar, só nos resta rezar por flores, a alma que pede alívio, varrendo os problemas, afastando os pensamentos aflitos pra longe da gente, mas ainda há uma esperança quem sabe um dia tudo vai voltar? O que é meu ninguém nunca vai tirar. Mas por enquanto é melhor deixar!





Zizi Possi - Um Beijo Meu

Hebert Vianna
Um beijo meu
Compositor: Herbert Vianna
Piano: Jether Garotti Jr.:

Os dias nunca são iguais
Quando a inocência se desfaz
Por não ter mais no que acreditar

Se todo amor não foi capaz
Se alguém que você tanto quis
Já fez a mala, adeus, até nunca mais

Guarda um beijo meu
O que for teu ninguém vai nunca mais tirar
Quem sabe um dia, tudo vai voltar
Mas agora é melhor deixar

Todas as tardes trazem dor
E quando o sol já vai se pôr
Resta o deserto da noite pra atravessar

Reza por flores, por postais
Reza por rezar, nada mais
Varrendo os problemas, se vestindo pra jantar

Guarda um beijo meu
O que for teu ninguém vai nunca mais tirar
Quem sabe um dia, tudo vai voltar
Mas agora é melhor deixar
Related Posts with Thumbnails
Postar um comentário