segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Deixa acontecer

Deixa acontecer

Ah, não tente explicar
Nem se desculpar
Nem tente esconder
Se vem do coração
Não tem jeito, não
Deixa acontecer

O amor é essa força incontida
Desarruma a cama e a vida
Nos fere, maltrata e seduz
É feito uma estrela cadente
Que risca o caminho da gente
Nos enche de força e de luz

Vai debochar da dor
Sem nenhum pudor
Nem medo qualquer
Ah, sendo por amor
Seja como for
E o que Deus quiser

Vinícius de Moraes in Poesia completa e prosa: “Cancioneiro”




♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ O amor não tem explicação, não começa quando queremos nem acaba porque queremos, são lágrimas que não se evitam, são sorrisos que não se explicam, é um calor que se sente na alma, é um bater mais forte do coração, são dúvidas, incertezas e certezas de tudo, é perdoar, é aceitar, é querer muito mais, é o desejo dos corpos, é a vontade de estar juntos, são saudades, são reencontros, é sentir que somos um só! ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥














Related Posts with Thumbnails
Postar um comentário