sexta-feira, 6 de março de 2009

É uma falta de absurdo uma coisa dessa!!!

Hoje vou fazer um desabafo porque estou muito triste!!!

Eu fiquei muito chateado com este arcebispo de Olinda e de Recife que excomungou a equipe e a família da criança que foi estuprada e ficou grávida de gêmeos. Esta palavra "excomungado" é muito forte, não acham??? Confessem, só de ouvir esta palavra a gente já arregala os olhos e fica assustado! Quando minha mãe ouviu a notícia ela ainda falou assim pra mim "é, mas Deus nao vai deixar que nada de ruim aconteça ao médico". Ela entendeu que excomungar é algo como "rogar pragas". Caraca, isto é assustador! A impressão que eu tive é que ser excomungado é ser declarado um herói! Se ser excomungado é ser a favor da vida, da dignidade humana, eu quero ser excomungado, sem contar que eu acho que enriquece pra caramba o currículo de uma pessoa ser excomungado pela Igreja Católica, ja pensou o Papa me excomungando em plena praça pública e eu tocando fogo no Catecismo??? Já imaginou a cara das beatas??? Ia ser o máximo ser excomungado pela Igreja Católica! É um trófeu, já imaginou a cara de deboche que faria Ney Matogrosso, Rita Lee, Cazuza ou Cássia Eller se eles fossem excomungados???

Sinceramente, como dizem algumas pessoas, eu acho "muita falta de absurdo uma coisa dessas" um arcebispo que nao tem conhecimento nenhum de medicina criar toda esta polêmica em torno de um caso onde o que mais se espera é discernimento, bom senso e compaixão. Francamente, ao meu ver, ele prestou um enorme desserviço em torno de um caso que está garantido por lei. Era preferível que ele ficasse calado, se ele nao se manifestasse, já estaria prestando um grande serviço! Uma atitude como esta faz a igreja perder credibilidade perante seus fieis!

Posso fazer algumas perguntas???

E se fosse a filha dele??? Será que ele ia submeter uma pobre menina de 1,33 m e 36 kg e apenas 9 anos a uma gravidez de alto risco que só trará mais sofrimento para a criança além do de todo o sofrimento psicológico que sofreu ao ser estuprada??? Será que ele nao se pôs no lugar dessa criança??? Será que esta criança iria conseguir levar esta gravidez de gêmeos até o fim??? Será que ela tem estrutura pra entender porque ela precisa passar por tudo isso??? O que a Igreja vai fazer pra recuperar todo o trauma psicológico que esta crianca teve por ser estuprada? O que a Igreja fez até hoje para evitar os casos de pedofilia dentro da instituição??? Por que o padastro que abusava a menina desde os 6 anos de idade nao foi excomungado pela Igreja??? Isto me faz raciocinar da seguinte forma, a Igreja neste caso excomunga quem está do lado do bem, da vida? Ele então por ter cometido esta barbárie não merece ser excomungado? Isto fortalece o meu raciocínio de que ser excomungado é um ato de heroísmo logo o padastro nesta história não é herói então nao é excomungado.

Ponto para o médico que é católico e mesmo sendo excomungado não permitiu que esta criança passasse por tanto sofrimento podendo inclusiver morrer caso desse continuidade à gravidez.

Ponto para o presidente Lula que fez o seguinte comentário: "Como cristão e como católico, lamento profundamente que um bispo da Igreja Católica tenha um comportamento, eu diria, conservador como esse. Ou seja, não é possível que uma menina estuprada por um padrasto tenha esse filho até porque a menina corria risco de vida. Eu acho que, nesse aspecto, a medicina está mais correta que a Igreja. A medicina fez o que tinha que ser feito: salvar a vida de uma menina de nove anos"

Eu fui criado no catolicismo, fiz tudo bonitinho como a igreja mandava, fui coroinha, fiz primeira comunhão, fui crismado, fui catequista, fiz parte da Legião de Maria, ia a missa todos os dias, tocava violão nas missas e nas reuniões da Renovação Carismática Católica e por muito pouco nao me tornei padre, gostaria de deixar claro aqui que nao sou a favor do aborto, ou melhor, sou a favor do aborto apenas nos casos de estupro e quando a gravidez representa risco para a gestante. Esta criança está incluída nos dois casos.

Sinceramente, eu acho que o Papa estaria prestando um grande favor a humanidade se ele aprovasse o uso da camisinha, quantas vidas nao seriam salvas com o forte poder de influência que a Igreja tem?? A igreja tem um grande poder de marketing, se ela apoiasse o uso da camisinha estaria ajudando o Estado a fazer controle de natalidade. Quantos abortos seriam evitados se a Igreja Católica apoiasse o uso da camisinha? Muita gravidez indesejada seria evitada.

Mas a Igreja alega que apoiar o uso da camisinha iria estimular o sexo. Ora bola, me poupem, desde que o mundo é mundo o povo trepa, não vai ser por causa disso que o povo vai passar a transar desenfreadamente. Além do que, a Igreja poderia muito bem nos confessionários aconselhar da seguinte forma: "Filho, a Igreja pede a castidade como a melhor forma de evitar doenças mas se você for transar, pelo amor de Deus, use camisinha porque nos dias de hoje nao lhes dê motivo porque na verdade, eu te quero vivo!!!!!" (Ivan Lins - Cartomante)

Meu sonho um dia era ver a Igreja Católica fazendo uma grande campanha de conscientização, uma Campanha da Fraternidade tendo como tema o uso da camisinha .

Espero que depois deste desabafo eu nao seja excomungado pela igreja mas se eu for, quero que a minha excomunhão seja em grande estilo, de preferência uma grande festa organizada pela "Bibico Duncan Produções", transmitida pela TV, regada a vinho e no final da festa um belíssimo show de Rita Lee quero ouvir da Santa Rita de Sampa, a protetora dos frascos e comprimidos, a seguinte frase "Meu filho, você é um menino muito rebelde e por isso você foi excomungado!!!".

Com vocês, para amenizar um pouco este meu desabafo, uma canção da própria:

Santa Rita de Sampa - Rita Lee


Related Posts with Thumbnails
Postar um comentário